Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/07/2009 - Portal MS Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Facilidades na compra de carros usados podem esconder armadilhas

Imposto mais baixo para carros novos, promoções de tudo que é jeito para os usados. Mas fique atento a alguns detalhes para depois não enfrentar problemas.

"A gente dá MP4, transferência grátis, até mesmo o IPVA 2010 a gente já está antecipando para o cliente".

Às vezes, facilidade demais pode esconder uma armadilha. Luiz Carlos quase foi preso. O carro usado que ele comprou em uma loja estava em nome do antigo dono, que não recebeu o dinheiro e registrou o caso na delegacia como roubo.

"A gente fica surpreso ao chegar dois policiais no seu local de trabalho te intimando, te obrigando a devolver um veículo e você foi vítima de um estelionato", diz Luís Carlos Bastos da Silva, gerente.

Sem carro, Luiz Carlos parou de pagar as prestações, o nome foi para o SPC. Agora espera por uma decisão da justiça.

Comerciantes que vendem carros usados costumam manter a documentação em nome do dono. Um erro, segundo os órgãos de defesa do consumidor. O proprietário deve exigir a transferência do registro para a loja.

Assim evita, por exemplo, problemas com multas que não são dele. Já quem compra não pode abrir mão da nota fiscal, que é a prova do negócio. Mas esses não são os únicos cuidados que o consumidor deve ter.

Todos os papéis entregues pela loja precisam estar com a data e as assinaturas do comprador e do vendedor.

Cristina não sabia disso, ela acertou um financiamento em 36 parcelas. O vendedor não assinou a proposta. Quando o carnê chegou, a surpresa: eram 60 prestações e um prejuízo de R$ 13 mil.

"É uma decepção, né, você se sente lesada, você acaba ficando com um prejuízo enorme, né?", declara Cristina Freitas, servidora pública.

Um advogado diz que as lojas também têm pedido cheque caução para reservar o carro. Mas se o financiamento não sai, em muitos casos a loja simplesmente embolsa o adiantamento.

"Se ele quiser recuperar esse dinheiro ele terá dificuldade, só irá recuperar mediante uma ação judicial", declara Geraldo Tardin, advogado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 244 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal