Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/07/2009 - Hoje Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Conta bancária é aberta em nome de mulher morta

Por: Anderson Costa


O artista plástico Selvo Afonso, de 53 anos, tem um grande mistério pela frente. Descobrir como foi possível a sua mãe, Hilda Martins Afonso, abrir uma conta no banco Itaú, contratar empréstimos, fazer movimentações bancárias e efetuar várias compras com cartão de crédito, tudo isso em 2005, ano em que completou anos anos de falecida.

Selvo conta que descobriu o problema somente há 15 dias, quando recebeu em sua casa cobranças dos débitos em nome de sua mãe, que totalizam quase R$ 50 mil. “A princípio achei até que fosse um problema de homônimos, mas desconfiei porque era o mesmo CPF e o mesmo endereço onde ela morava. Então entrei em contato com o banco e a operadora do cartão de crédito. Eles confirmaram a existência dos débitos em nome de minha mãe, que este ano completa 14 anos de falecida”, explica.

Ao comparecer à agência em Goiânia onde a conta foi aberta, para buscar mais informações, Selvo descobriu outro mistério. “Eles me disseram que a conta foi aberta em janeiro de 2005, em nome de uma empresa de informática com endereço de Aparecida de Goiânia, da qual minha mãe seria sócia”, relata o artista plástico. Ele diz que na agência foi informado também que, para a abertura da conta corrente, foi usada uma Carteira de Habilitação em nome de sua mãe. Porém, ele alega que Hilda Martins nunca teve o documento.

Mesmo apresentando a Certidão de Óbito de sua mãe, Selvo conta que o banco se recusa a apresentar qualquer informação por escrito ou documento sobre conta e os débitos em nome de Hilda Martins. “Ao ir à agência não me apresentaram nenhuma explicação ou solução para o problema. Disseram que o máximo que eu poderia fazer é assinar um documento de desconhecimento da dívida, mas isso é muito pouco”, reclama o filho de Hilda. Indignado com o erro envolvendo o nome da mãe, Selvo exige uma explicação do banco Itaú. “Minha intenção é limpar o nome de minha mãe, que, quando viva, nunca teve o nome em SPC ou qualquer coisa desse tipo”, contesta o artista plástico, que pretende entrar com um processo contra o banco já na próxima segunda-feira, 6.

Desconfiança

Selvo revela que foi orientado por sua advogada a fazer uma busca em vários órgãos oficiais, como a Receita Federal, a Junta Comercial, o INSS e outros, para saber se havia outros débitos ou contratos em nome de sua mãe. Mas ele informa que nada foi encontrado, o que reforça sua desconfiança de que a fraude tenha contado com a conivência de algum funcionário do banco. “Pretendo ainda ir até o Detran, para saber como essa CNH, com certeza falsa, foi emitida”, alega Selvo.

O artista plástico reclama que o episódio, além de muita dor de cabeça, tem dado muitas despesas. “Já tive que andar muito para tentar resolver o problema. Por que você tem de ir a vários lugares para conseguir essas certidões negativas, informações e outros documentos. Acho que já gastei uns de R$ 200 para levantar esses documentos”, afirma Selvo.

Procurada no início da noite de ontem pela reportagem do HOJE, a assessoria de imprensa do banco Itaú garantiu uma resposta sobre o problema até a próxima segunda feira. A assessoria informou que devido ao horário não seria possível contatar alguém para falar sobre o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 799 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal