Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/07/2009 - Globo Esporte Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Jovem do Avaí quase é enganado por pessoa que se dizia ligada ao Grêmio

Mauro Galvão lamenta o caso e faz alerta aos jogadores e aos pais.

Os casos de falsos empresários ganham cada vez mais força no cenário do futebol nacional. Nesta quarta-feira, o site do Avaí divulgou uma nota com o caso do juvenil Bruno. O atleta e seu pai (que também é o procurador de Bruno), Aloir Dutra, foram enganados por uma pessoa que se dizia ligada ao Grêmio.

O falso empresário, que atende pelo nome de Genivaldo dos Santos, teria oferecido apartamento em Porto Alegre, colégio particular e contrato de cinco anos com o clube gaúcho. Segundo Genivaldo, tudo seria tratado diretamente com o diretor de futebol do Grêmio, Mauro Galvão.

- Não sabíamos de nada disso. O Grêmio é uma instituição. Qualquer pessoa pode chegar e dizer que é ligada ao clube. Não podemos fazer nada em relação a isso. Se um jogador quiser vir fazer um teste no Grêmio, pode fazer. Ele pode ou não se tornar atleta do clube. Mas, assim, sem teste, não existe. Ou então, daqui a pouco, crianças com menos de cinco anos vão ser contratadas sem ao menos terem dado um chute – explica Mauro Galvão ao GLOBOESPORTE.COM, por telefone.

O dirigente ainda faz um alerta.

- O pai do atleta não pode acreditar nesse tipo de coisa. Isso não existe. Infelizmente, o futebol está tendo muito disso (falsos empresários). Ainda bem que ele não assinou o tal contrato. Mas este caso é bom para reforçar que jovens atletas e pais devem tomar cuidado com empresários – completa Mauro.

Confira a carta escrita pelo pai e procurador de Bruno, Aloir Dutra, ao Avaí.

‘Confirmo que o Bruno e seu pai foram enganados pelo empresário Genilvaldo dos Santos. Este homem, se é que posso chamar de homem, fez mil promessas ao Bruno como: Apto, contrato de 5 anos com o Grêmio, Colégio Particular e todas as tratativas seriam com o diretor de Futebol Mauro Galvão.

Para nossa surpresa, quando chegamos no Grêmio, o Bruno iria fazer apenas um teste e que todas as despesas neste período seriam por sua conta própria. Quero aqui alertar aos atletas das categorias de base de qualquer clube e aos Pais que tomem muito cuidado quando aparecer um empresário com o nome de Genivaldo dos Santos (Empresa Genios Assessoria em Esportes), para agenciar a carreira do seu filho. Por pouco eu não assino um contrato de dois anos com esta pessoa que colocava uma multa rescisória por descumprimento de qualquer cláusula do contrato no valor de R$ 2.000.000,00.

Quero aqui, isentar a entidade Avaí Futebol Clube, em nome dos senhores Sandro Zunino, Almir Gil e seu Diretor Técnico Miltinho, pelo acontecido. Em nenhum momento o Bruno foi prejudicado por estas pessoas.

Pelo contrário, sabendo do acontecido, os mesmos me ligaram e conversamos, dando todo apoio ao filho para o seu retorno ao Avaí.

Ao Avai, só tenho a agradecer por formar, além de um Atleta, um cidadão de caráter.’

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 257 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal