Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/06/2009 - Jornal de Uberaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Clonagem de cartão de crédito é feita por ‘chupa-cabra’

Por: Sandro Neves


Desde as origens da economia existem golpistas que se dedicam à prática de vários tipos de fraudes, armadilhas, sistemas e esquemas para enganar e roubar o próximo. Na maioria dos golpes de hoje, os estelionatários fazem uso da tecnologia disponível no mercado.
A clonagem de cartões de crédito acontece por meio de aparelhos de fabricação caseira denominados "chupa-cabra". Estes equipamentos, implantados nos caixas eletrônicos, captam os dados do cartão magnético do correntista que acessa o terminal.

O 1º tenente da Polícia Militar de Minas Gerais, Flávio Jackson Ferreira Santiago, explica que o aparelho denominado "chupa-cabra" é um equipamento por meio do qual os estelionatários transformam a frente do caixa eletrônico dos bancos, tendo acesso aos cartões em um sistema integrado por microcâmeras. "Eles retiram a frente do caixa e instalam esse aparelho. O cliente que chegar no primeiro momento enfocado em sacar dinheiro não percebe que está diante de uma máquina preparada para futuro roubo em sua conta bancária", esclarece.
Santiago alerta que a engenhoca possui sistema integrado, baterias de celulares e sistema de comunicação. Segundo o 1º tenente, através da inserção do correntista com o cartão magnético, eles conseguem copiar as informações dos cartões. "Pontos próximo à caixa eletrônica, pilastras, tubos de ar condicionado servem para instalar microcâmeras e realizar a filmagem da digitação da senha. Algumas agências já utilizam inserção de letras que dificultam a visualização por esses infratores. Mas há outros bancos que permanecem apenas nos números - esses são os alvos dos estelionatários", diz.

Prevenção - Santiago avalia que não existe fraude perfeita, elas podem ser identificadas e evitadas. Segundo ele, o que nos dias de hoje facilita a prática é a falta de prevenção por parte das empresas e correntistas de bancos. "Algumas agências já implantaram letras nas senhas, o que dificulta a visualização destes infratores. Mas há outras agências que ainda permanecem apenas nos números, sendo os principais alvos", observa.
"Há dicas de prevenção que passo para os correntistas. Primeiro, a pessoa deve sobrepor a mão esquerda sobre a direita. Na hora em que for digitar a senha, a pessoa deve tapar com a mão esquerda a mão direita que estiver digitando a senha ou vice-versa. Esse procedimento vai dificultar a visualização dos infratores. A máquina pega todos os dados, mas a senha é capturada através de microcâmeras. Outra medida é verificar se há algo de errado no caixa. Dê uma ligeira puxada no local de introdução dos cartões. Isto poderá denunciar alguma folga no equipamento e, consequentemente, alertá-los sobre a fraude. Em caso de constatação, ligue imediatamente para a Polícia Militar e saia do local", orienta.

GPS - O 1º tenente ressalta que é importante evitar máquinas que possuam GPS (débito e crédito). Elas são usadas em postos de combustíveis. "Essas máquinas são alvos fáceis para os infratores. São aquelas utilizadas do lado de fora do caixa do posto de combustível. Essa máquina lesa tanto o posto quanto o usuário que fornece todos os dados dos cartões magnéticos", finaliza Santiago.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 385 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal