Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/06/2009 - PC Magazine Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Perigo no internet banking

Por: Fernando Souza Filho


Todo cuidado na hora de acessar o site do seu banco é pouco, mas também não é um bicho de sete cabeças. Existem muitas páginas falsas de banco na internet, que se assemelham muito às páginas verdadeiras dos bancos, por isso, alguns cuidados são essenciais até mesmo para checar seu saldo bancário.

Nunca, jamais em nenhuma situação clique em um link enviado por e-mail ou Messenger para acessar o banco. Prefira sempre digitar na barra de endereços do navegador, tipo www.nomedoseubanco.com.br. O grande perigo é o chamado pharming, uma prática de criminosos digitais para direcionarem de forma não autorizada os computadores que tentam acessar uma URL a um servidor "alternativo" que hospeda uma página fraudulenta. Embora instituições financeiras sejam frequentes alvos, qualquer site está sujeito a esta tática.

Formas mais comuns de pharming
- Contaminação dos servidores: um criminoso digital invade alguns computadores do provedor de internet que contêm informações que casam as URLs com os servidores corretos. O invasor altera as referências de URL, apontando para servidores controlados pelo submundo virtual;
- Carona em rede sem fio "grátis": é um risco usar uma rede sem fio pública e aberta, que não exige senha e nome de usuário. Uma pessoa mal intencionada que fornecer este serviço "grátis" pode utilizar um computador para fazer um meio-de-campo entre o micro do internauta e o servidor de internet, fazendo com que URLs digitadas pelo usuário sejam apontadas para servidores falsos.

Dicas essenciais para se proteger
- Cuidado com a conexão sem fio: certifique-se de que o ponto de acesso de sua conexão sem fio é realmente do seu provedor de acesso, exigindo nome de usuário e senha. Desabilite o recurso de seu computador acessar a rede sem fio mais próxima e sempre escolha a rede para se conectar;
- Atenção aos detalhes do site: se o site pedir um dado que normalmente não solicita, algo deve estar errado. Se o site que parece ser do seu banco pedir todos os códigos do seu cartão de senhas ou solicitar um "recadastramento" suspeito, desconecte-se;
- Tenha uma solução de segurança ativa: soluções de segurança mais abrangentes, como o Norton Internet Security 2009 e o Norton 360, bloqueiam sites falsos mesmo no caso de pharming;
- Busque por ameaças: no caso de incidentes como os descritos acima, rode o programa de proteção para identificar eventuais ameaças virtuais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 285 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal