Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/06/2009 - Correio da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Burla no crédito rende 200 mil euros

Por: José Carlos Marques

Lisboa: Investigação da PJ implica 8 arguidos em rede fraudulenta.

Sem profissão conhecida há vários anos, fazia-se transportar num Mercedes SLK, um luxo de 50 mil euros, descapotável, que levantou suspeitas. A compra do carro foi só um dos muitos golpes em que a rede de burlões obteve crédito com documentos falsos. Estima-se que terão causado prejuízos de 200 mil euros.

O dono do Mercedes – tido como o elemento mais activo da rede – está em preventiva e a mulher, que entrava no esquema, também consta da lista de oito arguidos constituídos pela PJ.

Fonte da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ explicou ao CM que, por um lado, o grupo "ajudava pessoas com fracos recursos a obterem crédito, usando documentos falsos como declarações de IRS ou papéis de entidades patronais. Cobravam uma comissão pelo serviço que podia chegar a 4%".

O grupo tinha um segundo expediente ainda mais lucrativo: "Usavam nomes de outras pessoas, sem autorização ou conhecimento delas, para forjar documentos e pedir crédito a bancos e instituições financeiras. Chegaram mesmo a usar o nome de pessoas já falecidas para a compra de bens ou concessão de créditos. Ficavam com todo o dinheiro e usaram o esquema para comprar carros de luxo", revelou a mesma fonte. Durante a investigação, a Polícia Judiciária apreendeu quatro automóveis de gama alta.

Sob a direcção do DIAP de Lisboa, a PJ investigou crimes cometidos entre 2006 e 2008. Em Fevereiro foi feita a primeira detenção, tendo sido detido outro suspeito há poucos dias – o único que está em prisão preventiva. O processo conta com sete volumes e nove apensos, com muita informação sobre movimentos bancários suspeitos. Cabe agora ao Ministério Público avançar com a acusação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 301 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal