Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/06/2009 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia descobre golpe milionário

Dados pessoais e sigilosos de duas mil pessoas estavam sendo vendidos a golpistas para compras via Internet.

Dois mil cadastros completos de clientes de uma administradora de cartões de crédito. Pessoas de todos os cantos do País. Os nomes são muitos e podem ser de vítimas - ou de futuras vítimas - de um milionário golpe via Internet. O material foi apreendido pela Polícia Civil, em Fortaleza, em poder de um jovem de 19 anos. Os cadastros estavam arquivados no laptop do rapaz, Laurent Pereira Correia Albuquerque da Silva, que se diz natural da Guiana Francesa mas tem parentes no Maranhão. ´Ele foi preso sem qualquer documentação´, destacou o delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF).

A prisão de Laurent aconteceu após uma denúncia que chegou, inicialmente, ao 7ºDP, no Pirambu. ´Os policiais de lá foram informados de que havia um rapaz, em um hotel na Avenida Zezé Diogo, supostamente vendendo ´trilhas´ de cartões de crédito para clonagem. Fomos informados e nesse trabalho conjunto descobrimos que, na verdade, ele possuía cadastros completos, que estava vendendo por R$50,00 cada´, contou o delegado.

Cada cadastro era composto por nome, endereço completo, RG, CPF, telefones, número do cartão além de seu código de segurança e validade, entre outros detalhes. ´Estes dados possibilitavam ao usuário efetuar compras de todos os tipos pela Internet, desde passagens aéreas até aparelhos eletrônicos. O céu era o limite´, afirmou o titular da ´Defraudações´.

Pelo País

Em Fortaleza há três meses, Laurent não tinha endereço fixo, segundo a Polícia. ´Andava de hotel em hotel, pousada em pousada. Conforme apuramos, ele já esteve por outros Estados do Brasil oferecendo o seu ´produto´´, destacou. Segundo Jaime, Laurent confessou ter recebido o material pela Internet de um hacker. ´A negociação de como aquilo seria pago ainda ia acontecer´, disse.

Laurent foi autuado em flagrante por tentativa de estelionato, opção encontrada pela Polícia para que ele responda pelo crime. ´Quando o crime é virtual, é difícil ainda aplicarmos a punição merecida diante da extensão que um crime como este pode alcançar. Imagine dois mil cadastros de cartões de crédito com limites diversos. A dimensão de um golpe como este é absurda´, avaliou. Mas o delegado não soube afirmar se o crime foi evitado com a apreensão do material. ´Não sabemos, ainda, o que ele repassou, quem mais tem estes dados. As investigações irmão continuar´, afirmou Jaime.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 497 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal