Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/06/2009 - Portal Amazônia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Juiz aposentado por corrupção


Manaus - O juiz titular da Vara da Infância e da Juventude Criminal de Manaus, Antônio Mauro Gióia será aposentado por corrupção. O juiz acusado de 16 tipos de irregularidades, como uso de cargo para obtenção de vantagens pessoais, uso de ‘laranjas’em empreiteiras e tráfico de influência, foi condenado ontem, por decisão unânime do Conselho de Nacional de Justiça (CNJ).

Gióa está afastado do cargo desde o ano passado, recebendo salário de R$19 mil e será aposentado com proventos promocionais ao tempo de serviço. O CHJ também enviará processo do juiz ao Ministério Público do Estado para que seja aberta uma ação civil de improbidade administrativa.

Após explicar os fatos e analisar todas as provas, o relator conselheiro Mairan Maia, disse que Celso Gióa exercia atividades comerciais incompatíveis com a magistratura.

A sindicância que apurou o caso investigava dentre outros crimes, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal, falsificação de documentos, formação de quadrilha, desvio de dinheiro público, corrupção e extorsão contra o juiz.

Entendendo o caso

A sindicância que resultou no afastamento do juiz foi aberta após um empresário do ramo de transporte fluvial de Manaus denunciar ao Tribunal de Justiça do Amazonas uma extorsão de R$120 mil feita pelo magistrado.

Uma das testemunhas ouvidas pelo CNJ entregou documentos denunciando que comprou uma lancha de Gióa por R$2 milhões, em 2005, pagos em seixo, mas o juiz transferiu a embarcação para o nome da mãe e não entregou, conforme combinado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 257 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal