Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

18/01/2006 - O Liberal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Juiz aplica golpe em 18 mil pessoas


O juiz arbitral Carlos Márcio Salles de Vasconcelos, de 41 anos, foi preso em flagrante por policiais federais da Delegacia de Macaé em uma sala comercial do centro do Rio, sob acusação de utilizar o nome da Petrobras para oferecer vagas de trabalho nas plataformas de petróleo da companhia. De acordo com a investigação, o golpe pode ter rendido cerca de R$ 600 mil.

A PF calcula que pelo menos 18 mil pessoas foram enganadas - cada candidato pagava R$ 33,00 de taxa para exames médicos e psicológicos. Vasconcelos é ex-Presidente do Tribunal Arbitral do Estado do Rio de Janeiro e foi condecorado pela Assembléia Legislativa do Rio, em 2001, com a Medalha Tiradentes.

Em suas palestras, realizadas na sala comercial no centro do Rio, ele usava esses títulos para atrair a atenção dos candidatos interessados em trabalhar na estatal.

Ainda segundo a PF, o golpe vinha sendo aplicado desde setembro de 2005. Os supostos exames eram realizados na cidade de Petrópolis por um enfermeiro. Dois ônibus levavam, de segunda a sábado, aproximadamente 150 pessoas por dia. O chefe da Delegacia da PF em Macaé, delegado Eduardo Machado Fonte, disse que as pessoas lesadas pelo estelionatário devem entrar em contato pelo telefone (22) 2762-0820, para que possam colaborar com as investigações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 785 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Carlos Márcio Salles de Vasconcelos - 15/12/2017 11:26

Informo que eu retratado como criminoso nesta notícia fui absolvido a pedido do Ministério Público por atipicidade da conduta com ressalva na sentença de que minha atividade era lícita e toda a remuneração recebida era seguida de contrapartida por efetivos serviços prestados.
Informo que esta notícia deve ser retirada do seu site e/ou que se publique junto a mesma minha versão do fato sob pena das ações cabíveis.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal