Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/06/2009 - Extra Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha espalha passagens irregulares da SuperVia

Por: Marcos Nunes


RIO - A Polícia Civil está investigando uma quadrilha responsável por um derrame de passagens fraudulentas nos trens da SuperVia . Entre janeiro e maio deste ano, o bando atacou bilheterias, roubou aparelhos de recarga chamados de pontos de venda (PDV) e validou irregularmente milhares de cartões de passagens multipass.

Imagens que estão em poder da Delegacia de Defesa dos serviços Delegados (DDSD), encarregada de investigar o caso, flagraram, em 26 de maio, homens do bando utilizando cartões irregulares na estação ferroviária de Nova Iguaçu. (Assista ao vídeo) Agenciadores aparecem em frente a uma câmera, abordando passageiros e oferecendo a utilização do cartão por R$ 2.

Quem concorda em participar da fraude é visto passando pela catraca irregularmente, deixando de pagar a tarifa de R$ 2,45 cobrada pela concessionária.

Dois identificados

Só entre janeiro e maio, a quadrilha lucrou cerca de R$ 400mil com a fraude. Policiais da 53a. DP (Mesquita) que iniciaram as investigações em torno do caso já identificaram dois homens do bando.

Diego Felipe Kirschner Freire, de 22 anos, e Wilson Ricardo de Oliveira Gomes, de 24, tiveram a prisão temporária solicitada à Justiça pelo delegado José Maria Salomão de Omena. Como pedido foi negado, a dupla ainda continua em liberdade.

- Os dois participaram de um assalto a bilheteria da estação de Edson Passos em 6 de maio. Eles foram reconhecidos por testemunhas. Não há dúvida da participação da dupla no esquema - disse o delegado.

Empresa diz ter desativado máquinas

Procurada pelo jornal Extra, a SuperVia disse já ter desativado os créditos de máquinas roubadas e que a partir de junho, a fraude não estaria mais sendo executada. A empresa alertou ainda que os cartões multipass só devem ser adquiridos em estações ferroviárias ou em estabelecimentos credenciados pela SuperVia.

A quadrilha flagrada em imagens vendendo passagens em estações ferroviárias está tendo os pontos de atuação mapeados pelo delegado Eduardo Freitas, titular da DDSD. De acordo com o delegado, o roubo e furto de PVDs está diretamente ligado a fraude do cartão multipass.

- A quadrilha é especializada na fraude. Ela rouba e furta os PVDs e insere os créditos indevidos nos cartões utilizados nas estações. Isso gera um prejuízo enorme para a concessionária - afirmou o delegado.

R$ 47 mil em créditos

Entre março e maio, pelo menos quatro estações ferroviárias foram atacadas por assaltantes. Segundo a polícia, em todos os casos, os bandidos tinham como objetivo principal o roubo de PDVs.

O primeiro caso de 2009, foi registrado pela polícia em 9 de março, na estação de Piedade. Bandidos invadiram o local e levaram o equipamento com cerca de R$ 47 mil em créditos. No dia 18 do mesmo mês, foi a vez da bilheteria da estação de Edson Passos, em Mesquita, ser assaltada.

A mesma estação voltou a ser atacada pelo bando em 6 de maio, quando dois homens renderam um funcionário e levaram 2.100 bilhetes de integração trem/metrô, quatro aparelhos de PVD e 400 cartões multipass já validados, no valor total de R$ 163.746,72.

O último assalto aconteceu em 13 de maio, quando o bando atacou a estação de Olinda, em Nilópolis. Na ocasião, dois PVDs foram levados, com cerca de R$ 13 mil em créditos.

No entanto, a onda de assaltos a bilheterias da SuperVia pode ter começado ainda no ano passado. Segundo registro feito na 53a. DP, no dia 11 de setembro de 2008, houve um assalto a uma bilheteria da estação de Nova Iguaçu. O registro de ocorrência não revela valores ou se alguém foi detido.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 737 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal