Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/06/2009 - Olhar Direto Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operações da Polícia Civil prendem 16 pessoas no Médio-Norte


Dezesseis pessoas foram presas em duas operações realizadas, na sexta-feira (05.06), pelas delegacias da Polícia Judiciária Civil dos municípios de Barra do Bugres e São José do Rio Claro (168 km e 315 km ao Medio-Norte de Cuiabá), para inibir o tráfico de drogas e a prática de outros crimes nas cidades.

O diretor de interior da Polícia Judiciária Civil, delegado Jales Batista da Silva, elogiou o trabalho das delegacias que, por meio de investigações, comprovaram a ação de traficantes na região. “Esse trabalho vem sendo realizado em todas as regionais com o objetivo de reduzir a atividades do tráfico nos municípios do interior”, frisou.

Em Barra do Bugres, operação “Barra Limpa”, prende 9 suspeitos investigados há 30 dias pela polícia. No município, policiais civis cumpriram 06 de 10 mandados de prisão expedidos pela comarca. Foram presos, na mesma residência, no bairro Jardim Por do Sol, Sonia Luzia Marques de Assunção, 22 anos, Ricardo Anderson de Oliveira, 23, e Tiburcio Araújo Filho, 23,. No local foi apreendido cerca de R$ 150, em dinheiro, três celulares, 40 gramas de maconha e vários objetos produtos de furto.

Ana Gonçalina de Campos, a “Ana do Gás”, 37, e Renan Renderson Mendonça, 19, foram presos em um bar de propriedade de Ana Gonçalina, onde os policiais apreenderam seis papelotes de pasta base, além de apetrechos utilizados para a confecção da droga. No bairro Maracanã, a polícia prendeu David do Nascimento, 20, e apreendeu um revólver calibre 22 com nove munições, três celulares e uma trouxinha de pasta base. David vai responder por posse ilegal de arma e uso de entorpecente.

Participaram da operação 43 policiais civis, três delegados e três equipes do Grupo de Operações Especiais (GOE).

Na cidade de São José do Rio Claro, nove pessoas foram autuadas após 90 dias de investigações da Polícia Civil local. A operação “limpa Rio Claro”, prendeu Arysanto Ribeiro Murado, 23, (usuário de droga) por furto e posse irregular de munições calibre 32, Francisco Assis de Paula, o Chicão, 44 , a ex-mulher dele Ana Paula dos Santos, 26, Luiz Pereira dos Santos o “Biza”, 53, - dono de um bar que funcionava como ponto de venda de droga-, Valdecira Nunes da Silva, 28, presa por tráfico de corrupção de menores, Daniel Paiva Monteiro, 29, Anderson da Silva Vieira o “Cabeça”, 18, e Edgar Ricardo da Mota, 27. Este ao ser preso mentiu o nome, em razão de possuir dois mandados de prisão em aberto por roubo, cometido em Várzea Grande.

Ele vai responder por tráfico de entorpecentes, falsidade ideológica e falsificação de documento. Os demais vão responder por tráfico e associação para o tráfico. Com os acusados os investigadores apreenderam dinheiro e porções de drogas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 292 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal