Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/12/2006 - Último Segundo / Agência Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF desencadeia operação para combater crimes na internet


A Polícia Federal desencadeou na manhã de hoje (12) uma operação com o objetivo de combater organização criminosa especializada em invadir contas bancárias por meio da internet. A operação Replicante acontece simultaneamente nos Estados de Goiás, Tocantins, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Mais de 300 agentes da Polícia Federal estão envolvidos na operação, que deve cumprir cerca de 120 mandados, de prisão e de busca e apreensão. Três mandados de prisão serão cumpridos no Distrito Federal, dois em Tocantins, um no Rio Grande do Norte e um no Rio de Janeiro. Os mandados foram expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal em Goiás, onde está a base da quadrilha.

De acordo com nota divulgada pela Polícia Federal, as investigações tiveram início há um ano e desdobram-se em uma seqüência de operações que vem sendo realizadas desde 2000, como as operações Cash Net (2001), Cavalo de Tróia I (2003), Cavalo de Tróia II (2004), Pégasus e Pégasus II (2005).

A Operação Replicante está focada na prisão de programadores que difundem os programas utilizados para roubos de senhas e dados de contas bancárias, geralmente trojans ou cavalos de Tróia. Essas pessoas também criam falsos endereços na internet, normalmente cópias dos oficiais.

Segundo a PF, a operação também se destina a reprimir usuários que difundem os programas e chegam a passar milhares de e-mails por dia. Eles também são conhecidos como carteiros ou "cartãozeiros" que fazem a parte operacional na arregimentação de contas e cartões de laranjas e no pagamento de boletos via internet em contas de terceiros.

Os envolvidos no esquema de roubos na internet podem ser enquadrados nos crimes de furto qualificado, formação de quadrilha, interceptação telemática ilegal, violação do sigilo bancário, concussão, estelionato e lavagem de dinheiro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 391 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal