Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

05/06/2009 - Gazeta do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falso sequestro volta a assustar santa-cruzenses

Por: Ricardo Düren

GOLPE > Casal enfrentou 20 minutos de terror

Os criminosos que aplicam o golpe do falso sequestro voltaram a telefonar para números de Santa Cruz do Sul. Ontem, um casal enfrentou 20 minutos de pânico ao receber a notícia de que a filha teria sido sequestrada. Além disso, pelo menos outras cinco pessoas assustadas procuraram a polícia em busca de ajuda, com relatos semelhantes.

O casal – que pede para ter nomes mantidos em sigilo – recebeu o telefonema a cobrar durante a tarde de ontem. A esposa atendeu e, do outro lado da linha, uma jovem que a chamava de mãe chorava e pedia ajuda. Em seguida, um homem falou que teria sequestrado a moça e exigiu R$ 5 mil de resgate. O marido então pegou o telefone e pediu para conversar com a filha. Em resposta, escutou todo o tipo de ameaças.

“O cara disse que, se eu não acatasse suas ordens, ia perder minha filha. Afirmou que a mataria sem medo do arrependimento.” Enquanto negociava com o criminoso, afirmando precisar de mais tempo para conseguir o dinheiro, o pai da suposta sequestrada entrou no carro com a esposa e ambos atravessaram o Centro, em direção ao emprego da filha, onde a encontraram em segurança. “Foi um alívio. Meu marido então xingou o golpista, mas as ameaças continuaram até o telefone ser desligado”, conta a mãe.

No mesmo período, outra santa-cruzense contou fato semelhante à equipe da Delegacia de Pronto Atendimento. Ela relatou aos policiais ter passado mal durante o telefonema, chegando a avisar aos supostos sequestradores que iria desmaiar e os deixando sem reação. Além dela, outras quatro pessoas entraram em contato com a DP apresentando relatos parecidos.

A princípio, ninguém caiu no golpe. Suspeita-se que os telefonemas partam do Rio de Janeiro e São Paulo. Quando conseguem levar o esquema adiante, os criminosos exigem o pagamento do “resgate” mediante transferência bancária para a conta de laranjas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 238 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal