Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/06/2009 - Gazeta Brazilian News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Grupos de NY são acusados de fraude contra imigrantes


Mais de 50 pessoas e organizações que se apresentam como prestadores de serviços de assessoria a imigrantes estão sendo investigados por estarem, supostamente, enganando seus clientes com a promessa de legalização.

O procurador-Geral do estado de New York, Andrew Cuomo, enviou citações judiciais aos grupos, como parte de uma investigação que pretende acabar com dezenas de casos de fraude contra imigrantes, informa um comunicado oficial da Procuradoria-Geral do estado de New York.
As mais de 50 organizações e indivíduos prometiam regularizar a situação de imigrantes e a emissão de green cards ou aquisição de cidadania norte-americana, mediante o pagamento de valores que chegavam a $15 mil.
Uma dominicana que vive no condado de Queens teria enganado mais de uma dezena de imigrantes com a promessa de legalização. Miriam Mercedes Hernández, de acordo com a investigação cobrava $15 mil pelo suposto serviço.

As citações judiciais exigem documentos financeiros e de contrato de serviços dos envolvidos, além de testemunho oficial.

Emily Browne, porta-voz do escritório do procurador-geral do estado, disse que as investigações são o resultado “de um significativo número de queixas” por parte dos imigrantes. A porta-voz não soube precisar quantos imigrantes teriam sido vítima dos golpes.

Algumas das organizações investigadas são a Oficial Legal para Hispanos, American Immigrant Federation, Misión Hipana I., Corp, Margo’s Immigration Services, Meisheng Immigration, Students Visa and Naturali-zation Center e Overseas North-East Chinese Association.

A legislação federal prevê que apenas advogados podem representar alguém diante das autoridades de imigração. O fiscal geral poderá determinar multas de até $1,5 mil por infração, além de restituição de valores recebidos. “As comunidades de imigrantes continuam sendo postas em perigo por indivíduos sem escrúpulos e
organizações que lhes ofere-cem nada menos do que promessas vazias e esperanças falsas”, disse Cuomo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 338 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal