Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/05/2009 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

DDF investiga fraude em financiamentos

Por: Nathália Lobo

A quadrilha financiava veículos roubados. Uma mulher foi presa e outros nomes estão sendo investigados.

A cada dia as ações dos estelionatários ficam mais ousadas e cheias de artifícios para despistar a Polícia. A última descoberta causou surpresa até à própria Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF): quadrilhas estão produzindo chassis para conseguir o financiamento de carros roubados. ´Eles montaram um documento falso com os dados verdadeiros de um veículo roubado, pegaram a numeração do chassi e gravaram em um pedaço de ferro. Este ferro era utilizado para ´raspar´ a numeração em um documento. Desta forma, faziam parecer que tinha acontecido a vistoria no veículo´, contou, ontem pela manhã, o delegado Jaime Paula Pessoa, titular da DDF.

Com toda a documentação falsa - inclusive documento do carro, comprovante de endereço e carteira de habilitação -, uma quadrilha estava tentando financiar R$25 mil para a compra de uma Hilux junto a um banco. O financiamento estava sendo feito em nome de Francisco das Chagas Mendes, que ainda está sendo investigado.

A mulher que providenciava a documentação e a apresentava junto ao banco foi presa em flagrante. Trata-se de Maria Tatiane Oliveira Rabelo, de 29 anos. Ela já tinha trabalhado como operadora de banco. ´A Tatiane entendia de toda a movimentação necessária para a obtenção do financiamento, do trâmite dos documentos. Por esta razão era a integrante do grupo responsável por esta tarefa de levar e trazer a papelada´, disse o delegado.

Em seu depoimento, Tatiane confessou já ter participado de oito financiamentos, sempre com a utilização de nomes falsos. ´Ela disse ter sido forçada a participar dessas coisas por um homem de nome Gidalton Cavalcante Queiroz, o ´Tom´. Este homem está sendo procurado há algum tempo pela DDF por ter sido identificado também como o ´cabeça´ nos golpe do empréstimo consignado que lesou funcionários da Fazenda´, ressaltou Jaime.

A mulher admitiu, ainda, ter recebido entre um e dois mil reais por casa financiamento de que participou junto com a quadrilha. ´A Tatiane já havia sido indiciada em outro inquérito, anteriormente, por envolvimento no financiamento fraudulento de um caminhão, no valor de R$100 mil´, contou o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 300 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal