Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/05/2009 - O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia procura fábrica clandestina de cigarros

Por: Nicolau Araújo

As investigações tentam localizar uma fábrica clandestina que imitaria duas marcas produzidas no Rio de Janeiro. Delegado Marcos Antônio dos Santos apreendeu de 750 maços de cigarros falsificados vendidos em Juazeiro do Norte.

Policiais de Juazeiro do Norte, a 528 quilômetros de Fortaleza, investigam a possibilidade da existência de uma fábrica clandestina de cigarros na região, que estaria falsificando cigarros das marcas Skin e Universal, produzidas por uma fábrica no Rio de Janeiro. As investigações estão sendo conduzidas pelo delegado regional Marcos Antônio dos Santos, que na tarde da última sexta-feira apreendeu 750 maços de cigarros falsificados, que estavam à venda no comércio local.

Segundo o delegado, as investigações tiveram início há cerca de três semanas, depois que a fábrica do Rio de Janeiro reclamou uma inexplicável queda em suas vendas. De acordo com dados da fábrica carioca, passados à Delegacia Regional do Cariri, as duas marcas eram as mais consumidas na região sul do Estado.

O delegado constatou a falsificação depois que comerciantes e usuários confirmaram que as duas marcas continuavam com a vendagem em demasia. Marcos Antônio chegou a deter 17 comerciantes, que não souberam explicar a repentina mudança na entrega dos produtos. “Uns afirmaram que a entrega passou a ser feita por motos, enquanto outros apontaram que os produtos passaram a chegar em caminhões não caracterizados”, comentou um policial que não pode ser identificado, por causa das investigações.

Os comerciantes foram conduzidos à delegacia e, após horas de depoimentos, foram liberados. “Eles continuarão a ser investigados, mas por enquanto acreditamos que eles não tenham envolvimento com essa quadrilha de falsários”, ressaltou o policial.

Histórico

De acordo com a Polícia, há um histórico na região de cigarros falsificados. No início do mês, em Acopiara, cerca de 300 maços de cigarros foram apreendidos por policiais militares.

A mercadoria era de uma marca estrangeira e não possuía nota fiscal. A Polícia ainda investiga se o crime é de falsificação ou descaminho (sonegação fiscal). Os cigarros estavam no bagageiro de um caminhão, que seguia de São Paulo para o município de Catarina. Um mês antes, policiais rodoviários federais apreenderam 1,6 mil maços.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 234 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal