Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/05/2009 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Novo golpe por celular deixa em alerta os catarinenses

Telefonema informando acidente na BR-101 é usado como argumento para atrair vítimas.

A Polícia Militar de Santa Catarina alerta a população para um novo golpe aplicado no Estado. O golpista telefona para o celular da vítima, apresenta-se como policial e informa que o número para o qual ele ligou foi encontrado em um papel entre as ferragens de veículos envolvidos em um acidente na BR-101.

Em seguida, o golpista pede para a vítima telefonar para a equipe médica que está atendendo os envolvidos no acidente e passa uma sequência de números.

— Porém, ao invés de passar o número telefônico o golpista passa um código que começa com asterisco, seguido de dois dígitos — explica o tenente Luís Carlos Cruz dos Santos.

A Polícia Militar registrou os primeiros casos do golpe há duas semanas e informa que o crime está sendo praticado, principalmente, em Itapema, no Litoral Norte de Santa Catarina, mas não há o número exato de pessoas lesadas na cidade.

Já em Itajaí, foram comunicados aproximadamente 30 tentativas de golpe no mesmo período.

De acordo com o tenente, também há uma variação do golpe em que uma pessoa se passa por funcionário da operadora de celular. O golpista afirma que a empresa fará uma atualização na linha telefônica e pede para a vítima digitar o código.

Em muitos casos, o crime só é descoberto no momento em que a vítima recebe a fatura e percebe uma diferença no valor da conta. E, de acordo com a PM, além do prejuízo financeiro, as pessoas lesadas estão sujeitas a problemas judiciais.

— Além da clonagem de seu telefone, a vítima pode ter o nome vinculado a muitos crimes, como sequestros e estelionatos — alerta o tenente Luís Carlos Cruz dos Santos.

A Polícia Militar recomenda que ao receber um telefonema com essas características, a pessoa tente descobrir se o acidente de trânsito existiu realmente. Para isso, deve ligar para o número 190.

Veja mais ações que devem ser tomadas ao identificar o golpe:

— Não digite códigos iniciados com asterisco ou outro símbolo;
— Nunca ligue para outros números telefônicos;
— Procure se informar se houve algum acidente e o possível envolvimento de algum conhecido ou parente;
— Em caso de pessoas dizendo ser da operadora, ligue para o serviço de atendimento do consumidor da prestadora de serviço e informe a situação;
— Se você já foi vítima do golpe, acione o Procon e procure uma delegacia de Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 494 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal