Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/12/2006 - Jornal do Estado / Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia desvenda golpes de financiamento de veículos aplicados em bancos


A Delegacia de Estelionato de Maringá realizou nesta segunda-feira a operação Monte Sinai para desmantelar duas quadrilhas que aplicavam o golpe do financiamento de carros. As quadrilhas, que segundo a polícia envolviam donos de revendedoras de carros e uma funcionária do banco Finasa, aplicavam os golpes em bancos como Itaú, Santander Banespa e no próprio banco Finasa.

Foram cumpridos sete mandados de prisões temporárias e um mandado de prisão preventiva, além de 14 mandados de busca e apreensão. A polícia apreendeu documentos de veículos, três armas de fogo, computadores e 15 veículos. A investigação foi realizada com participação do Nurce de Maringá, de Cascavel e de Curitiba.

“Começamos as investigações quando recebemos denúncias de que os bancos estariam sendo lesados por revendedoras de veículos. Descobrimos que as quadrilhas falsificavam os documentos e repassavam para os bancos para obter os financiamentos”, disse o delegado Francisco Alberto Caricati, da Delegacia de Estelionato de Maringá.

Todas as prisões e os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Maringá. No cumprimento dos três mandados de busca, foram apreendidos documentos, computadores, um revólver calibre 32, uma espingarda e um revólver calibre 38, além de 15 veículos na loja Monte Sinai. “A Justiça já decretou o seqüestro de bens de Ademar Ribeiro Alves, proprietário da loja”, acrescentou o delegado.

Golpes - Segundo Caricati, em uma das quadrilhas, a revendedora de veículos Stop Car, cuja razão social é MDP Corretora de Veículos Ltda, aproveitava-se dos convênios que mantinha com as instituições financeiras para aplicar os golpes. O dono da Stop Car, Wilmon Dias Pereira, utilizava documentos de laranjas e obtinha comprovantes de renda e residência falsos, preenchia o cadastro na loja utilizando estas informações falsas e, em seguida, encaminhava a documentação para a instituição financeira para aprovar o financiamento dos veículos, na maioria em 100% do valor.

“O banco, acreditando na idoneidade dessa revendedora cadastrada, apenas efetuava uma checagem superficial na documentação apresentada fazendo confirmações só por telefone, o que facilitava as fraudes”, relatou o delegado Caricati. O banco então liberava o financiamento e depositava o dinheiro na conta da revendedora de veículos, que posteriormente desaparecia com o dinheiro. “O banco, na hora de cobrar, procurava as pessoas cujos nomes eram fornecidos, mas que muitas vezes nem imaginavam que seus nomes estariam envolvidos no golpe”, relatou Caricati.

A segunda quadrilha envolvia uma funcionária do Banco Finasa. Joseane Aparecida Guimarães e seu marido Ademir Bilotti Hoerning são acusados de providenciar a falsificação dos documentos para que a empresa aprovasse os financiamentos da revendedora Delta Car. “Nada foi provado contra esta revendedora Delta Car. O proprietário afirmou ter demitido o funcionário Dorisley Meneguetti, depois de perceber que ele estava fraudando os financiamentos”, disse o delegado.

Segundo Caricati, esta prática tem sido tão fácil e lucrativa que muitas vezes tem-se financiado veículos que nem mesmo existem, utilizando-se da falsificação de Certificados de Registro de Veículos e alienando carros de terceiros ou utilizando documentos roubados ou furtados. “Era uma ação que atingia inúmeras pessoas que, da noite para o dia, têm seus nomes lançados nos sistemas de proteção ao crédito, causando-lhes prejuízos morais e financeiros”, avaliou. A polícia afirma que já tem quatro golpes comprovados, dois por cada quadrilha.

Monte Sinai – O golpe praticado por Ademar Ribeiro Alves, proprietário da revendedora Monte Sinai, no centro de Maringá, era diferente dos demais. Ele é acusado de pegar carros em consignação, vendê-los e não repassar o dinheiro para os proprietários.

Já há dez registros na Delegacia de Estelionato de golpes praticados por esta revendedora, mas o delegado acredita que existam mais vítimas que não registraram boletim de ocorrência. A loja Monte Sinai, que fica na Avenida Brasil, número 1161, no Centro de Maringá, teve todos os seus veículos apreendidos e foi fechada pela polícia.

Mandados de Prisão cumpridos:

- Wilmon Dias Pereira – Proprietário da Stop Car – prisão temporária
- Laércio Eduardo Gomes – Funcionário da Stop Car- prisão temporária
- Fabrício de Miranda Silva Ribeiro – Vendedor de carros autônomo. Segundo a polícia, providenciava a documentação falsa - prisão temporária
- Joseane Aparecida Guimarães – Funcionária da Finasa - prisão temporária
- Vandercesar Aparecido Penques – Segundo a polícia, era responsável por montar os documentos dos veículos - prisão temporária
- Dorisley Meneguetti – ex-funcionário da revendedora de veículos Delta Car e acusado de praticar golpes junto com a funcionária da Finasa - prisão temporária
- Ademir Bilotti Hoerning – esposo da Joseane e tinha participação nos golpes com ela - prisão temporária
- Ademar Ribeiro Alves – proprietário da revendedora Monte Sinai – prisão preventiva

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1060 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal