Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/05/2009 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia fecha fábrica clandestina de parabrisas

Estabelecimento já havia sido fechado há 2 anos e meio. Produtos falsificados estilhaçam e pode ferir passageiros de carro.

A Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial fechou uma fábrica clandestina de parabrisas, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Os produtos falsificados e as formas de fabricação foram apreendidos.

Essa não foi a primeira vez que a fábrica foi fechada. O dono já havia sido processado há dois anos e meio, quando o local foi interditado. Mas, segundo a polícia, reabriu a empresa sem licença, há oito meses, no mesmo lugar.

De acordo com a Associação Brasileira de Combate à Falsificação, a fábrica produzia em média 200 unidades por semana, que eram vendidas para todo o país.

Segundo o órgão, os consumidores que compraram parabrisas ali correm riscos, já que eles não atendem às exigências do Conselho Nacional de Trânsito e não têm a película de proteção que impede os estilhaços de ferirem os passageiros caso o vidro se quebre.

“Está sendo instaurado inquérito de estelionato e de crime contra o consumidor e o responsável pode pegar de um a cinco anos de cadeia”, explicou o delegado Raul Morgado. Procurado, o advogado do dono da empresa informou que ele não vai se pronunciar sobre o assunto.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 244 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal