Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/11/2006 - Gazeta de Limeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dona de casa cai em golpe e telefone fica bloqueado


A dona de casa A.M.C.R, moradora do Jardim São Francisco, procurou a Gazeta depois de ter sido vítima de um golpe aplicado por homem que se passou por funcionário da Telefônica. Ela acabou ficando com a linha residencial bloqueda.

Contos do vigário, cartões de bancos clonados, golpes do “acidente” e ainda fraudes cometidas através de telefones são os estelionatos cada vez mais comuns e fazendo mais vítimas em Limeira.
Na tarde de anteontem, por volta das 17h, A. recebeu uma ligação em seu telefone residencial. Do outro lado da linha, um homem que se apresentou como “João Carlos Ribeiro” se passou por funcionário da Telefônica. Ele disse que estava fazendo uma pesquisa e até passou um código de empregado (RA 0151552). Em seguida, pediu que a vítima digitasse *21 e o golpe foi concluído. “Sempre me informo sobre golpes, mas ele usava termos técnicos, como se fosse mesmo um funcionário e eu acreditei”, declarou.
Posteriormente a dona de casa tentou usar o telefone e a linha estava ocupada. A. então entrou em contato com a Telefônica, através do número 103-15, e foi informada que sua linha tinha sido bloqueada. “O golpista usaria minha linha para fazer ligações de dentro de um presídio”, explicou.
Ela registrou a queixa na empresa e depois a linha foi desbloqueada. “É importante que as pessoas saibam o que aconteceu comigo para que não caiam em golpes como este. Além disso, a Telefônica informou que não faz este tipo de serviço”, afirmou.
Para que o custo do desbloqueio da linha não fosse cobrado, A. precisou registrar um Boletim de Ocorrência (BO).

ALERTA

Como a Gazeta publicou no início do mês, os meses de novembro e dezembro são considerados pela Polícia o período mais propício do ano para aplicação de qualquer tipo de golpe. A movimentação econômica causada pelo pagamento do 13º salário e investimentos em compras típicas nesta época atraem bandidos que cometem estelionatos cada vez mais ousados. Em Limeira, dezenas de pessoas são vítimas desses golpes por mês e, para evitar que esse índice cresça, medidas preventivas são fundamentais. (ESS)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 467 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal