Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/05/2009 - O Dia Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cidade da Música: auditoria aponta indícios de fraude e superfaturamento

Equipamentos teriam sido adquiridos com valor sete vezes maior que no mercado.

Rio - Um relatório preliminar da auditoria da Cidade da Música, na Barra da Tijuca, revelou que seriam necessários R$ 150 milhões para concluir a obra. No documento, resultado de quatro meses de investigação e assinado por quatro órgãos da prefeitura, há indício de que a compra de materiais foi feita de forma fraudulenta e que houve aquisição de equipamentos com valor sete vezes maior que de mercado.

A Cidade da Música começou a ser construída em 2003. Várias inaugurações previstas foram adiadas, e a obra já custou R$ 409 milhões aos cofres públicos. Os auditores criticam ainda a falta de licitação.

No relatório, é citado que microfones foram adquiridos por R$ 15.556,80 cada, quando o valor médio seria R$ 2.227. No caso de amplificadores, foram pagos R$ 33.200, mas o preço de mercado é de R$ 5.500. O superfaturamento chegaria a R$ 1.331.137,22.

Hoje, o prefeito Eduardo Paes publica decreto ampliando por mais quatro meses o tempo de investigação da obra. A resolução foi um pedidos dos auditores, que acreditam que seria necessário pelo menos mais um ano para que a Cidade da Música fosse finalmente concluída.

Secretário municipal de Obras da gestão Cesar Maia, o vereador Eider Dantas (DEM) disse que não teve acesso ao documento e que não era responsável pelo controle das compras de materiais.

Além disso, o parlamentar afirmou que com os R$ 86 milhões que teriam sido deixados em caixa terminaria a obra da Cidade da Música num período de quatro meses. “Faço esse desafio. Se o prefeito quiser, ele pode me nomear durante quatro meses, que entrego tudo pronto”, afirmou Dantas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 226 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal