Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/05/2009 - Gazeta de Alagoas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bancos: cliente mais confiante para usar internet

Volume de operações bancárias realizadas pela internet cresceu 12,9% entre 2007 e 2008.

O volume de operações bancárias realizadas pela internet cresceu 12,9% entre 2007 e 2008. Comparando-se 2008 a 2006, o aumento vai além de 40%. A informação consta do Adendo Estatístico - 2008 sobre o Sistema de Pagamentos de Varejo do Brasil, divulgado esta semana pelo Banco Central (BC). De acordo com o levantamento, trata-se do tipo de acesso que apresentou maior aumento entre as alternativas oferecidas pelos bancos. .

Edison Fontes, professor de Segurança da Informação da Faculdade de Informática e Administração Paulista (Fiap), explica que o crescimento é fruto de uma maior segurança do sistema e da confiança dos clientes, que também aumentou.

Fontes também credita a evolução das operações virtuais à popularização da banda larga, que tornou os acessos mais rápidos. “A proteção das informações também foi aperfeiçoada”, avalia.

Na opinião do professor, o lado negativo desta elevação está no fato de que muitos consumidores que ingressaram recentemente no sistema bancário fazem uso dos serviços pela internet sem estar ainda familiarizados com o meio, então precisam ter cuidado redobrado. De acordo com dados do BC, o número de correntistas pessoas físicas no sistema bancário subiu de 91 milhões no final de 2006 para 106,2 milhões em dezembro do ano passado, alta de 17%, o que significou mais 15,2 milhões de novos clientes.

O professor sugere que os usuários só acessem sites de instituições financeiras para operações ou consultas em máquinas que sejam de confiança. “Quanto menos compartilhadas menor”, diz.

Fontes lembra que outro aspecto importante da máquina é o programa, que deve ser oficial. Ele afirma que exemplares falsificados são mais vulneráveis a fraudes. O professor observa que as tentativas de furto de dados não conhece limites. “Há pouco tempo, recebi mensagem de que eu havia sido selecionado para participar de um programa de tevê. Bastava clicar no link”, conta.

José Faria Júnior, coordenador do curso de Administração Bancária da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), os bancos incentivam as operações pela internet porque o custo é baixo. No caso da transferência de dinheiro entre bancos, o estímulo é a tarifa menor (veja quadro). Ele afirma que as despesas com a manutenção e a segurança das agências físicas custam muito mais.

As tarifas dos serviços bancários também são mais caras na modalidade chamada presencial, quando realizada pelo cliente na própria agência. Faria Júnior avalia o aumento das operações pela internet como um dado positivo, já que significa comodidade e economia de tempo e dinheiro por parte dos usuários. “A diversidade de serviços aos quais os consumidores podem ter acesso sem sair de casa é imensa”, diz.

Fernando Egydio Martins, executivo do Grupo Santander Brasil e diretor de marketing da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), diz que os serviços precisam estar disponíveis para os clientes durante vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana. “O internet banking e os call centers permitem essa agilidade.”

Segundo Martins, as redes bancárias contam com segurança suficiente e o investimento é contínuo a fim de livrar os sistemas de fraudes cada vez mais sofisticadas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 231 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal