Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/04/2009 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Descoberto casal que aplicava golpes


A investigação sobre as atividades criminosas de um estelionatário levou a Polícia Civil a descobrir, na manhã de ontem, no Bom Jardim, um grupo especializado em falsificação de documentos, clonagem de cartões e outros crimes contra o sistema financeiro. O bando tinha como base o Ceará, mas atuava também em outros Estados do Brasil. A Polícia investiga ainda a suspeita de que as ações da quadrilha teriam se expandido para a Bolívia.

O chefe do grupo é um ´velho´ conhecido da Polícia, o carioca Paulo Roberto Araújo Lopes, o ‘Paulo Carioca’, 35. Ontem, ele conseguiu fugir do cerco policial. Sua mulher, a cearense Sandra Helena de Sousa Nobre, 31, acabou detida. Os inspetores investigam qual a participação dela no grupo.

Identidades

Na residência do casal, situada na Rua Estrada do Jatobá, no Bom Jardim, além de computadores e impressora para confecção do material falsificado, os policiais encontraram dezenas de cédulas de identidades falsas, cartões de créditos, CPFs, folhas de cheques, comprovantes de endereços e de rendimentos, entre outros.

De acordo com o delegado Jacob Stevenson Mendes, titular do 32º DP (Bom Jardim), o material era usado em golpes do empréstimo consignado e em financiamentos fraudulentos de veículos. ‘Paulo Carioca’ já responde a vários crimes, como latrocínio (roubo seguido de morte), estelionato, formação de quadrilha e crimes contra o sistema financeiro. “A ficha dele é extensa, aqui e no Rio de Janeiro”, diz Mendes.

‘Paulo Carioca’ é um bandido conhecido da Polícia cearense. Em outubro de 2006, foi preso na ‘Operação Ciclone’, da Polícia Federal. Na ocasião, 40 ‘cartãozeiros’ foram capturados pelos agentes federais.

PROTAGONISTAS
O casal falsificava documentos e cartões

Paulo Roberto e Sandra Helena.

O casal estava sendo investigado por emitir cheques sem fundo. Mas, com a descoberta do material falsificado, poderá ser indiciado por mais crimes contra o sistema financeiro nacional.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 457 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal