Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/04/2009 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presos acusados de fraudar concurso

Por: Fernando Ribeiro e Emerson Rodrigues


Quatro pessoas foram presas, na manhã de ontem, acusadas de participação na fraude em concursos públicos no Ceará. A ‘Operação Piloto I’, desencadeada em junho do ano passado por uma força-tarefa da Polícia Civil (seis delegados) descobriu a fraude no concurso público para o cargo de agente da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC).

Outros três concursos já realizados no Estado e mais dois, ainda em fase de preparação, também estão sob investigação das autoridades, com suspeita de terem sido fraudados. Os certames não foram divulgados. Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que candidatos aprovados de forma fraudulenta no concurso da AMC tinham comprado os gabaritos das provas pela quantia de R$ 7 mil.

A fraude envolvia várias pessoas, além dos articuladores da quadrilha. Os ‘pilotos’, eram as pessoas com total domínio no assunto das provas, contratados para fazer o concurso, anotar os gabaritos e repassar aos articuladores. Já os candidatos, pagavam para receber o gabarito das provas, via mensagens ou toques em seus celulares.

Além dos irmãos gêmeos Daniel e Danilo Carneiro de Morais, 26, o primeiro apontado na investigação como chefe da quadrilha, outras duas pessoas foram presas. Os candidatos, Anderson Belizário de Sousa, 24; e Aírton Castro de Oliveira, 25. Até a noite de ontem, um quinto acusado ainda não havia sido localizado.

Segundo a delegada Alexandra Medeiros, titular da Delegacia de Acidentes e Delitos de Trânsito (DADT), coordenadora da força-tarefa e presidente do inquérito sobre o caso, as prisões de ontem representaram uma pequena parcela da investigação. A delegada revelou ainda a existência de uma segunda quadrilha de fraudadores de concursos agindo no Estado do Ceará.

No grupo chefiado por Daniel, cinco ‘pilotos’ já foram identificados, além de outros candidatos. “O que estamos fazendo é identificando plenamente todos as pessoas que passaram de forma fraudulenta nos concursos, para isentar todos aqueles que foram aprovados por mérito”.

Resultado

O Instituto Municipal de Pesquisa, Administração e Recursos Humanos (Imparh), responsável pela organização do concurso e a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), divulgou, por meio de uma nota, que vai aguardar o resultado das investigações policiais para se pronunciar sobre o caso. Segundo um candidato aprovado no concurso, o artigo 11, item E, do edital, prevê a eliminação do candidato que fraudar o certame e não a anulação do mesmo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 647 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: francisaca erica de sousa - 12/05/2009 14:54

esse concurso foi uma porcaria , notava-se que tinha algo de errado o impha certamente tem alguma coisa a ver com essa sacanagem. vamos torcer galera para que o imphar não faça mais nenhuma prova e realmente seja cancelado.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal