Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/04/2009 - Panapress Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

$ 24 milhões roubados do tesouro público no Burundi em 2008


Bujumbura, Burundi (PANA) - Cerca de 23 biliões 900 milhões de francos burundeses (cerca de 23 milhões 900 mil dólares americanos) foram roubados do Tesouro Público durante o ano 2008, anunciou segunda-feira a Inspecção Geral do Estado do Burundi.

Num comunicado divulgado em Bujumbura, a Inspecção indica que cerca de um bilião 100 milhões de francos burundeses (um milhão 100 mil dólares americanos) foram recuperados, precisando que os dossiers litigiosos de desvio de fundos e gestão fraudulenta, entre outras malversações económicas registadas nos serviços públicos, foram transmitidos ao Tribunal Geral junto da Jurisdisção Anti-Corrupção.

A publicação deste comunicado surge algumas semanas após o assassinato dum activista anti-corrupção em Bujumbura, designadamente o vice-presidente do Observatório da Corrupção e Malversações Económicas (OLUCOME), Ernest Manirumva.

A sua morte suscitou muita emoção além-fronteiras ao ponto de o Governo norte-americano se ter proposto a participar nas investigações, tendo aliás enviado ao Burundi elementos do Escritório Federal de Investigação (FBI) para tentar desmascarrar os protagonistas e carrascos, bem como o motivo do crime.

O tenaz OLUME já estimava em pelo menos 186 biliões de francos burundeses (cerca de 186 milhões de dólares americanos) o desvio de fundo só no primeiro semestre do ano 2007.

O fenómeno da corrupção no Burundi parecia ser relativamente contido antes do desencadeamento da crise sociopolítica de 1993.

O empobrecimento de largas camadas da população local, o desregramento da autoridade e as falhas do Estado imputáveis à situação de guerra civil constituem um elemento favorável aos reflexos de corrupção, de acordo com activistas anti-corrupção em Bujumbura.

Estas práticas gangrenaram pouco a pouco o sistema administrativo e político e constituem hoje um maior obstáculo ao desenvolvimento, à estabilidade política e ao funcionamento normal da democracia emergente, de acordo com as mesmas fontes.

Na sua opinião, a corrupção é um fenómeno social no Burundi, onde elementos culturais tendem a encorajar a usurpação de bens alheios.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 244 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal