Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/04/2009 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal prende quatro pessoas por fraude à Previdência Social


RIO - A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta segunda-feira, a Operação Matuto, para desarticular uma quadrilha que praticava crimes contra a Previdência Social em Teresópolis, Região Serrana do Rio. Foram cumpridos todos os mandados de prisão temporária (quatro) e dez mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de Nova Friburgo/RJ.

A quadrilha atuava há pelo menos três anos e estima-se que tenha causado um prejuízo de cerca de 500 mil reais à Previdência. Os presos, dentre eles um servidor público, devem responder pelos crimes de estelionato qualificado e formação de quadrilha, com penas entre dois e oito anos de prisão, além da perda do cargo público.

Iniciadas há seis meses, as investigações apontaram fraudes em ações judiciais relativas a requerimentos de auxílio-doença. O esquema consistia no aliciamento de pessoas, de preferência trabalhadores rurais, que eram orientadas a utilizar atestados médicos de incapacidade laboral fornecidos pelo mentor e seus colaboradores, e requerer na Justiça o recebimento de auxílio-doença. Perícias nos atestados utilizados concluíram pela inexistência das doenças alegadas ou que estas eram pré-existentes à qualidade de segurado dos requerentes.

A operação foi coordenada pela Força Tarefa Previdenciária, composta pelo Departamento de Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal. O nome "Matuto" é uma referência aos clientes da quadrilha, em sua maioria trabalhadores rurais dos municípios de Sumidouro, Teresópolis e Nova Friburgo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 250 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal