Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/04/2009 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe: polícia prende “vovô” do estelionato


Quase um sexagenário, Jamilson Oliveira de Farias, 59, foi preso por policiais militares no momento em que ia praticar mais um golpe em um supermercado de Belém. Ele foi surpreendido na tarde de ontem, por volta das 15h30, do lado de fora do estabelecimento, no bairro do Reduto, em Belém.

Jamilson estava usando vários documentos entre CPF, carteira de identidade e vários cartões de crédito com o nome de Roberto Rodrigues. Jamilson chegou a solicitar empréstimos, em três bancos diferentes, no valor de R$ 14 mil, R$ 10 mil e R$ 4.900. Os dois empréstimos de maior valor estavam em fase de análise pelas agências bancárias.

No último dia 15, a vítima foi tirar um extrato de sua conta e verificou um erro, o depósito de R$ 4.900. Ele foi até a agência bancária e foi informado sobre a transação. Roberto procurou órgãos competentes para poder fazer o cancelamento do empréstimo.

Na tarde de hoje, Jamilson estava em um supermercado, onde pretendia fazer algumas compras. Já no momento do pagamento, ele usava o cartão de crédito do supermercado em nome de Roberto, a caixa percebeu algo de errado com a documentação do golpista e acionou os seguranças.

Imediatamente, Jamilson percebeu uma movimentação estranha e logo abandou o local, chegando a deixar parte de sua documentação no balcão do supermercado. A segurança do supermercado já havia acionado a polícia, que fez a prisão de Jamilson em via pública.

O cabo Rubens, da 6ª Zpol da Polícia Militar, informou que Jamilson já tentava fugir. “A segurança do supermercado estava em contato direto, informando o paradeiro do acusado, por isso foi fácil fazer a prisão”, contou o cabo.

Jamilson foi apresentado na Seccional do Comércio, a delegada Gisele Campos analisou o caso e autuou Jamilson em flagrante por uso de documento falso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 305 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal