Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/04/2009 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende seis acusadas de fraudar Previdência no ES

Por: Solange Spigliatti

Fraude, que começou em 2005, gerou prejuízo estimado de pouco mais de R$ 100 milhões.

SÃO PAULO - Seis mulheres foram presas na manhã desta quinta-feira, 23, durante a Operação Viúva Negra, da Polícia Federal, em Vila Velha, na região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo, acusadas de fraudar, desde 2005, a Previdência Social, causando um prejuízo de pouco mais de R$ 100 milhões.

Segundo a PF, foram cumpridos os seis mandados de prisão temporária, além de oito mandados de busca e apreensão, com o objetivo de combater a atuação de uma quadrilha cuja estrutura criminosa era utilizada para fraudar os cofres da Previdência Social, especialmente no que se refere a benefícios por morte previdenciária.

As investigações, de acordo com a PF, começaram em razão de "denúncia" direcionada à Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários da Polícia Federal no Espírito Santo (Deleprev), no ano de 2007, quando foi descoberto que uma das presas seria a autora intelectual e beneficiária de uma série de fraudes.

A suspeita conseguiu obter a concessão de benefícios previdenciários para si própria, para integrantes da sua família e pessoas a ela ligadas por vínculos de afetividade, com base em documentos ideológica ou materialmente falsificados.

A quadrilha usava documentos falsificados que visavam forjar uma condição de companheirismo inexistente, bem como criar vínculos empregatícios inidôneos, o que propiciou a concessão de benefícios de pensão por morte e a manutenção destes mediante meio fraudulento.

O trabalho foi realizado em conjunto pela Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários da Polícia Federal no Espírito Santo (Deleprev), pelo Ministério da Previdência Social, através de servidores que compõem a Força-Tarefa Previdenciária no Espírito Santo, Ministério Público Federal e Justiça Federal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 266 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal