Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/04/2009 - Plenário / FaxAju Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Energisa promove ação de combate à fraudes


Em todo o país, as fraudes são um grande tormento para as empresas de energia elétrica, para os consumidores regulares e também para o Estado. Em Sergipe, com a Energisa, não é diferente.

Somente no ano passado, a empresa sofreu uma perda comercial de 5,16% (151.980 MWh), o que corresponde ao consumo de toda a cidade de Lagarto em 21 meses. Já a perda em faturamento chegou a quase R$ 37 milhões ao longo do ano.

Segundo o diretor técnico-comercial, Wilson Couto, as perdas não se resumem somente à empresa. Os “gatos” causaram um prejuízo ao Estado de quase R$ 2 milhões em 2008 por causa da queda da arrecadação do ICMS.

A população também sofre. “A fraude prejudica a qualidade do sistema elétrico de toda a vizinhança devido à geração de sobrecarga de energia, além de acentuar o risco de morte”, destacou o diretor.

O risco de morte é grande para o infrator, porque, se tocar na rede, pode sofrer uma descarga elétrica fatal. Um outro risco é que o cidadão pode responder processo por crime de furto de energia elétrica. O diretor lembrou que a fraude de energia é crime estabelecido no artigo 155 do Código Penal, com pena prevista de um a oito anos de prisão.

Ele disse ainda que não existe local específico para encontrar “gatos”. “Infelizmente, os ‘gatos’ estão em todos os segmentos da sociedade”, informou Couto.

Ações de combate às fraudes

Por conta disso, a Energisa promove uma campanha rigorosa de combate às fraudes em toda a sua área de concessão em Sergipe. Diariamente, a empresa realiza inspeções em residências, comércios e indústrias.

E, desde o início de abril, a Energisa está promovendo a campanha de fiscalização no município de Nossa Senhora do Socorro. Os números impressionam. Até o dia 16, quinta-feira, foram realizadas 617 inspeções, sendo encontradas 405 fraudes, recuperados 561.863 Kwh (R$ 176.761,00 aproximadamente), 8 pessoas foram detidas e abertos 10 inquéritos.

Regularização de clandestinos

É importante ressaltar que as ações que a Energisa vem promovendo não somente servem para combater as fraudes. É gerada, também, a oportunidade das pessoas regularizarem sua situação junto à empresa. Prova disso é que, durante a ação em Nossa Senhora de Socorro, 178 regularizações foram realizadas.

“As pessoas que quiserem regularizar sua situação perante a Energisa, basta entrar em contato conosco e solicitar o kit padrão de entrada, caso a unidade consumidora não esteja pronta para receber a energia de forma adequada. Inclusive, a empresa facilita a regularização dividindo em até 24 vezes o valor do kit”, afirmou o assessor de comunicação Augusto Aranha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 283 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal