Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/04/2009 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

E-mail falso anuncia serviços de anulação de multas relativas ao rodízio de São Paulo


Um e-mail com falsas informações sobre o cancelamento de multas relativas ao rodízio de veículos circula em São Paulo. Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o serviço não existe e o e-mail deve ser desconsiderado.

Segundo a mensagem, motoristas que não conseguem deixar o centro expandido da cidade devido ao congestionamento poderiam entrar em contato por meio do telefone 156, informar a localização e, assim, escapar da autuação.

O texto do e-mail diz: "pessoas que não conseguirem sair do congestionamento a tempo de evitar o horário do rodízio podem ligar para o 156, se identificar, informar placa do seu carro e o local onde está. Um operador irá anotar (e gravar) os dados e passará um número de protocolo, que poderá ser utilizado para cancelar uma eventual multa".

Por meio de nota, a CET alerta que "a fiscalização e autuação do cumprimento do rodízio continuam as mesmas desde sua implantação, em 1997, e as multas aplicadas por circulação em horário proibido serão cobradas normalmente".

A Secretaria Executiva de Comunicação da Prefeitura de São Paulo informou que os serviços do 156 relativos ao trânsito são apenas informativos e não geram protocolo. Apenas informações sobre serviços, como poda de árvore, geram esse tipo de comprovante.

Mesmo com a circulação do e-mail falso, a secretaria afirmou que o atendimento do 156 não registrou aumento no número de ligações recebidas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 354 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal