Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/04/2009 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cartão do SUS suspenso por fraude

Por: Evandro Éboli


BRASÍLIA - O Ministério da Saúde decidiu suspender o Cartão Nacional de Saúde, conhecido como "Cartão do SUS", devido a irregularidades e fraudes. O programa criado em 1999 consumiu até hoje R$ 419 milhões. O atual sistema será substituído aos poucos por outro modelo, que deverá custar R$ 600 milhões.

- A auditoria irá avaliar todos os gastos e quem agiu de forma ilegal será responsabilizado - disse Márcia Bassit, secretária-executiva do ministério da Saúde, reconhecendo que o dinheiro foi mal aplicado.

Desde que foi implementado, cerca de 136 milhões de pessoas foram cadastradas. Quem tem o cartão não irá perdê-lo e, quando o novo sistema entrar em vigor, o usuário do SUS terá que trocá-lo pelo modelo atual. O cartão foi criado com o objetivo de agilizar o atendimento do doente e ser um prontuário eletrônico do usuário. Nele deveriam constar dados sobre estado de saúde, consultas e exames realizados, mas não foi o que ocorreu. Hoje, serve apenas para identificar o usuário.

- Houve um descompasso. O cartão deveria estar implementado e funcionando há muito tempo, mas, infelizmente, isso não ocorreu. Acendeu a luz vermelha, e vamos mudar isso.

O presidente do Conselho Nacional de Saúde, Francisco Batista Júnior, disse que o cartão SUS está falido e que é preciso mudar esse modelo.

- Foram mais de R$ 400 milhões jogados fora. O sistema está falido. Isso dá um profundo sentimento de tristeza. Dez anos perdidos e agora tem que começar tudo de novo - disse Francisco Júnior.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 267 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal