Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/04/2009 - O Estado de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha de estelionatários mineiros é presa em SP

Por: Elaine Pereira


Estão detidos desde a última terça-feira, dia 14, na Polícia Federal de Jales, em São Paulo, quatro integrantes de uma quadrilha mineira que aplicava golpes na região de Santa Fé do Sul, também em São Paulo. Eles serão encaminhados para a cadeia de Santa Fé do Sul (SP), onde permanecerão à disposição da Justiça.

A investigação teve início há aproximadamente um mês, quando os federais receberam informações sobre a atuação de uma quadrilha na região de Santa Fé do Sul. Desde então foram feitas várias diligências naquele município que culminaram com a identificação dos quatro homens presos na manhã desta terça-feira.

O golpe

Os golpistas abriram uma empresa com endereço e telefone fixo na cidade. A empresa funcionava somente como fachada, com o objetivo de ludibriar as vítimas que caíam nos golpes da quadrilha. Eles também alugaram uma residência na mesma cidade e a utilizavam para dar credibilidade às informações prestadas às vítimas. Para abrir contas em bancos e adquirir produtos no comércio de Santa Fé e região, a quadrilha se utilizava de cartões de crédito em nome de diferentes pessoas.

Foram apreendidos na residência 54 documentos falsos entre RGs, CPFs e Certidões de Nascimento, três automóveis e vários documentos de veículos. Também foram apreendidos carimbos de cartórios de registro civil e de serventuários notários do Estado de Minas Gerais, possivelmente utilizados para falsificar as certidões de nascimento.

Investigações preliminares indicam que o grupo já teria atuado em várias outras cidades.

Os quatro presos poderão responder pelos crimes de estelionato qualificado, falsidade ideológica, falsificação de documento público, uso de documento falso e formação de quadrilha. Caso sejam condenados por todos os crimes cumprirão uma pena que pode chegar a vinte anos de prisão.

As informações são da Polícia Federal de Minas Gerais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 515 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal