Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/04/2009 - Gazeta do Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

INSS de Paranavaí pode ter tido prejuízo de R$ 3 milhões, diz PF

Por: Hélio Strassacapa e Célio Yano

Operação Reincidência deflagrada nesta terça em Paranavaí investiga fraude na concessão de aposentadorias rurais.

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (14) a Operação Reincidência e cumpriu mandado de busca e apreensão de documentos e computadores na agência da Previdência Social de Paranavaí, região Noroeste. O objetivo é colher provas para um inquérito policial que investiga um grupo – composto por um servidor do INSS e sindicatos rurais da região – que forjava tempo de serviço inexistente e facilitava a concessão de aposentadorias para trabalhadores rurais. A estimativa inicial é que o prejuízo da Previdência seja de aproximadamente R$ 3 milhões, mas o valor real só será conhecido depois da revisão de cerca de 200 benefícios concedidos pelo funcionário investigado.

Além da PF, também fazem parte da operação e das investigações o Ministério Público e o Ministério da Previdência Social. O inquérito policial está em trâmite na Delegacia da Polícia Federal de Maringá. De acordo com o agente Marcos Koren, chefe de Comunicação Social da PF no Paraná, 12 agentes fizeram o trabalho de varredura nos computadores e documentos na agência.

A investigação aponta que o grupo criava tempo de atividade rurícola inexistente, e os beneficiados passavam a receber seguro especial do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) mesmo sem atender às condições necessárias para fazer jus ao direito. “Trata-se de um crime comum no meio. Daí o nome da operação: reincidência”, explicou Koren.

Os envolvidos poderão responder, após finalização das investigações, pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha, com penas que podem alcançar de 2 a 8 anos de reclusão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 339 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal