Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/04/2009 - Jornal TVS Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Casal de idosos burlado por falsos técnicos da Segurança Social


Um casal de idosos foi burlado, na passada segunda-feira, de manhã, na sua residência, em Vilar do Torno e Alentém por dois indivíduos que se fizeram passar por técnicos da Segurança Social, tendo-lhes extorquido 6.000 euros (1.200 contos, em moeda antiga). Além da quantia em dinheiro, os larápios furtaram uma pulseira, vários brincos e um anel em ouro.

Segundo Joaquim Augusto Leite, 82 anos, marido de Emília Rosa, de 83 anos de idade, um dos larápios, que se fez passar por médico da Segurança Social, interpelou-o na rua com o objectivo de actualizar os seus dados e o da sua esposa. Depois de ter conquistado a atenção de Joaquim Augusto Leite, o burlão entrou na sua residência. Já no hall de entrada informou-os que teriam de falar com o director que lhe indicaria quais os procedimentos a executar para não ter de pagar mais os medicamentos.

“Nunca suspeitei de nada. O indivíduo sabia o meu nome e o da minha mulher e até que estava doente. Disse-me que no dia seguinte iria ser contactado por várias técnicas da Segurança Social para actualizar os dados. Pensei que era mesmo verdade”. Sem desconfiar de nada, o octogenário dirigiu-se para o exterior onde se encontrava o segundo suspeito, dentro de um carro antigo, de cor cinzenta, que lhe deu um cartão. Enquanto isso, o dito “médico” entrou novamente na habitação do casal, mostrou a Emília Rosa uma nota de 20 euros e disse-lhe que tinha de entregar o dinheiro porque ia sair de circulação. “Passou uma nota de 20 euros pelo nariz da minha mulher e ela sem pensar foi buscar a caixa onde tinha o dinheiro e o ouro e colocou-a em cima da mesa”, confessou o marido.

Já Emília Rosa recordou ainda aterrorizada os momentos dramáticos que viveu: “Deu-me um empurrão, agarrou na caixa e saiu disparado em direcção ao carro, mas eu ainda consegui gritar”.

Percebendo que se passava algo com a esposa, Joaquim Augusto Leite, que estava à conversa com o segundo individuo, agarrou no braço deste, que arrancou de imediato em direcção à Estrada Nacional 15. “Ainda fui agarrado cerca de 300 metros, mas já não os consegui fazer parar”.

Para um casal que vive apenas da reforma, este foi um golpe desumano nas suas finanças: “Eram as únicas economias que tínhamos. Apenas fiquei com 17 contos no bolso das calças, o dinheiro que trazia comigo”, adiantou desolado.

O TVS sabe que o casal estaria a juntar dinheiro para reparar o tecto da casa.

Vizinhos não presenciaram furto

No lugar onde o casal vive, este caso está a ser vivido com enorme revolta e indignação. Apesar de este ser um local onde existem diversas habitações, ninguém assistiu ao roubo. “Só soube que o meu tio tinha sido assaltado minutos depois”, revelou uma sobrinha que pouco antes tinha visto o tio a falar com um dos suspeitos. “Nunca desconfiei de nada. Pensei até que se tratava de alguém da família que o vinha convidar para ir passar a Páscoa”, retorquiu.

“O meu tio não era uma pessoa fácil de enganar” corroborou.

Conselhos do autarca local

Para o presidente da Junta de Freguesia de Vilar de Torno e Alentém, António Queirós, esta situação é mais uma das muitas que se têm registado no país e deixa o conselho de nunca abrir portas a pessoas estranhas, não facultar qualquer elemento de identificação ou prestar informações. “Em situações como estas se alguém alega ser da Segurança Social, o melhor é recusar prestar qualquer informação e tratar os assuntos na própria Segurança Social”, asseverou. “Insisti várias vezes com o senhor Joaquim Augusto Leite para que não tivesse o dinheiro em casa. Até que aconteceu isto”, disse ainda.

O caso está a ser investigado pelas autoridades.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 398 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal